Logotipo Cirurgia Para  Você
  • (11) 2176-7266 Entre em contato
  • contato@cirurgiaparavoce.com.br E-mail de Contato

Como podemos avaliar se a Incontinência Urinária

setembro 26, 2017

Como podemos avaliar se a Incontinência Urinária de Urgência é secundária à obstrução causada pela HPB ou se é Bexiga Hiperativa Idiopática?

A partir da história clínica do paciente, a cronologia do surgimento dos sintomas, como eles começaram, se o paciente apresentou inicialmente sintomas de esvaziamento, tomou alguma medicação para a próstata, e depois, com o passar do tempo, veio o aumento da frequência, com piora progressiva até surgir incontinência urinária de urgência, provavelmente, a causa é a obstrução prostática. Por outro lado, se os sintomas de armazenamento, a incontinência de urgência estão presentes desde o início do quadro, e ainda mais não havendo sintoma de esvaziamento, sugere-se Bexiga Hiperativa Idiopática.

Também pelo exame físico, no toque retal, se o urologista sente a próstata aumentada e com consistência fibroelástica, reforça a hipótese de obstrução. A próstata com Hiperplasia Benigna não tem área endurecida, se ao exame de toque o médico detectar alguma área endurecida, levanta- se a suspeita de câncer na próstata e exames complementares devem ser realizados.

Alguns exames nos ajudam a esclarecer se há ou não obstrução. Na ultrassonografia, a próstata aumentada, proeminência do seu lobo médio, espessamento do músculo da bexiga, trabeculações e divertículos na sua superfície interna, associados a aumento do resíduo pós- miccional (sobra de urina dentro da bexiga após a micção), são sinais de obstrução crônica. Outro exame simples é a fluxometria, o paciente urina em um aparelho que mede a velocidade do fluxo urinário (jato) e o tempo de micção. Pacientes com obstrução prostática apresentam fluxo lento (jato fraco) e o tempo de micção prolongado. E por fim, em casos em que a dúvida persiste, o Estudo Urodinâmico deve ser indicado para esclarecer a situação. Este exame, além do fluxo e tempo de micção, mede também a pressão dentro da bexiga, a força que a bexiga faz para empurrar a urina para fora. Assim, quando a bexiga faz bastante força e o jato sai fraco e lento, está caracterizada a obstrução.

É preciso esclarecer que próstata aumentada NÃO tem relação com câncer de próstata, e sim com HPB. Próstatas grandes e pequenas têm o mesmo risco de desenvolver câncer. A próstata grande (HPB) aumenta a chance, mas nem sempre causa obstrução.